A sutileza dos momentos na fotografia de Bruna Brandão!

Vem conferir o lindo trabalho da multi artista Bruna Brandão em Fotografia no NA-NU! Mais um talentos das lentes pra você conhecer aqui no blog!

Bruna Brandão é uma multi artista mineira que, entre muitos talentos, desenvolve um trabalho arrasador em fotografia. Bruna foi bailarina durante 10 anos e iniciou sua trajetória em fotografia em 2011 clicando os bastidores dos ensaios e das aulas do grupo ao qual fazia parte. Graduada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Minas GeraisBruna Brandão é formada em Fotografia pela Cambridge School of Art (Inglaterra) e em Dança pelo Centro de Formação Artística do Palácio das Artes.

Como fotógrafa a artista integrou a equipe de fotografia e vídeo do Curso Abril de Jornalismo 2015 da Editora Abril e atualmente é fotógrafa da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, além de ser membro do fotocoletivo Flanares. Participou de exposições coletivas no Brasil e na Inglaterra, com destaque para a menção honrosa no prêmio internacionalmente reconhecido Travel Photographer of the Year 2015. Desde 2014 realiza de forma independente projetos sobre o tecnobrega na periferias de Belém e pesquisa de processos fotográficos dentro da discussão de corpo queer, gênero e temáticas LGBTQI.

Com o tempo fui me afastando da dança e mergulhando nessa outra arte que é a fotografia, na qual eu conseguia me comunicar e escoar minha necessidade de criar de uma forma muito mais interessante do que antes. Ainda assim, acredito que carrego muito da sensação de movimento que veio da dança em minhas imagens. Bruna Brandão Fotografar afinal é posicionar você e seu próprio corpo em busca desses encontros na imagem, e acredito que esse meu corpo sendo treinado desde pequena com a dança me trouxe novas possibilidades na minha posição ao criar fotografias. A câmera tem sido uma forma de provocar encontros, como se fosse uma desculpa mas ao mesmo tempo o motivo que me leva a conhecer novas realidades e pessoas. Acabou por se tornar minha profissão, mas para mim fotografar é principalmente um exercício de autoconhecimento e de aprender a tirar o melhor da sua própria companhia. Bruna Brandão

[…] comecei a me aventurar pelas narrativas fotográficas. A história de um amigo bailarino na Alemanha que teve que se afastar da dança por um problema de saúde foi a primeira história que me atrevi a contar. Desde 2014 tenho um projeto independente registro o fluxo das aparelhagens de tecnobrega nas periferias de Belém do Pará. Bruna Brandão

Acompanhe mais sobre o trabalho de Bruna Brandão através dos links abaixo:

Site Oficial 

Instagram

Flanares

Mais sobre Fotografia, clique aqui.

Gostou deste post? Curta, comente e compartilhe! Não esquece de acompanhar o NA-NU também pelo Facebook e seguir a gente no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *